segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Analise Suas Raízes - PALMEIRA

"O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro no Líbano."  (Slm. 92:12)

Dei de caras com a seguinte notícia:

[Queda de uma Palmeira]
"A primeira conclusão a que se chega é que a palmeira tinha a raiz completamente podre, não tinha sustentabilidade - o que não era visível a olho nu - e não apresentava sinais exteriores. Esse poderá ter sido o motivo da queda",...

"a câmara tem de tomar precauções e vai fazer uma peritagem às restantes árvores". 

"...Uma palmeira de grande porte tombou subitamente na noite passada...atingindo mortalmente uma madeirense de 61 anos...Outras duas pessoas...ficaram gravemente feridas, ..."

Fonte: Renascença


INTRODUÇÃO:
O que desejo com o excerto desta notícia não é de maneira nenhuma apurar responsabilidades, embora creia que irá ser difícil fazê-lo. Como geralmente sempre acontece e diz-se " a culpa morre solteira", pois ninguém quer "casar" com ela. Apenas é de lamentar a morte que foi gerada e as pessoas gravemente feridas, como resultado final.
Esta notícia levou-me a reflectir sobre a minha vida e sobre a vida da igreja e seus membros.
Gostaria de focar quatro coisas importantes, usando esta notícia, fazendo uma aplicação à nossa vida espiritual, mas antes:


ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE AS PALMEIRAS
Segundo uma informação da wikipédia existem cerca de 205 gêneros e 2.500 espécies de palmeiras. Logicamente que entendemos que cada uma tem suas próprias características tanto ao nível de aparência como de uso e fim que se lhe dá.
Uma das palmeiras mais conhecidas em Israel é a que produz tâmaras. Segundo informações da Enciclopédia da Bíblia de  Merrill C. Tenney, da Editora Cristã é-nos dito:
A tamareira é a Phoenix dactylifera. Chega a uma altura de 27 m ou mais....
Dificilmente haja alguma parte da tamareira que não seja usada. As folhas são usadas para fazer telhados e, mesmo nos dias mais antigos, para construir laterais de casas; elas também são transformadas em cercas para proteção contra ventos, animais, etc. São feitas cordas das copas. As sementes fornecem comida para os animais, particularmente camelos, e são frequentemente usadas em contas(de rosário). Um licor forte é produzido da espata que envolve as flores....

              Phoenix dactylifera – Tamareira
                                  ]Fonte[


APLICANDO À VIDA ESPIRITUAL

1) O PROBLEMA DA APARÊNCIA
Se há coisa que Jesus combateu em seus dias foi a aparência de uma vida religiosa.  Ele trouxe à luz a aparência na vida de oração, no jejum, nas esmolas e não só! (Mt. 6.1-8,16-18) 
Jesus trouxe à luz a situação interior de determinadas pessoas, pois eram como sepulcros caiados por fora mas o seu interior era cheio de morte e rapina, ou seja desonestidade, orgulho, ganância, verocidade (Mt.23.25)
A aparência no fundo também pode ser chamada de hipocrisia, pois esta atitude leva-nos a querer vender uma imagem que não é verdadeira, não é nossa.
Não há dúvida que há pessoas que se esforçam demasiado não para mudar, mas para manter aquela postura e aquela identidade cristã, mesmo não a possuindo.
Creio que estas mesmas pessoas não podem estar em paz consigo mesmas e logicamente que com outros também não.
A dita palmeira, relatada na notícia, não apresentava sinais exteriores de insustentabilidade, como é dito. Você entende isso? Esta palmeira estava passando uma imagem de segurança e estabilidade quando na verdade havia algo muito mais profundo e digno de ser notado e analisado. Se você é uma "palmeira", cuidado com a imagem que você está passando para os outros.

O profeta Joel em determinado momento de seu ministério disse: "Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes..." (Jl 2.13).
Este acto de rasgar as vestes era um símbolo externo que representava um estado de alma e espírito, tal como: aflição, tristeza, dor, perda etc. Em relação a Deus e sua Palavra significava maioria das vezes - Arrependimento.
O que constatamos pelas palavras do profeta é que havia muito gente as rasgar as roupas, mas pouca gente a rasgar os corações, mostrando arrependimento.
Havia uma grande representação, como acontece em teatro, no entanto, estes actores saindo do palco, voltam à sua verdadeira vida. Será que esta tem sido nossa atitude quando saímos da casa de oração, dos púlpitos de nossas congregações?? Será que aquilo que somos quando estamos com os irmãos na fé, é aquilo que somos quando estamos dentro de nossas casas como nossa esposa e filhos?? 
Ah, como não é difícil presenciarmos este dom de imitação dentro de nós e à volta de nós. 
Quantas pessoas capazes de determinadas acções e têm actos externos de espiritualidade e "arrependimento", capazes até de chorar, contudo não mudam jamais de vida. Isso acontece porquê?
Porque a pessoa vive e tenta manter uma vida de aparência exterior, não há um verdadeiro arrependimento diante de Deus, pois quando isso acontece há sem sombra de dúvida mudança de vida.
"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo."  (II Cor. 5:17)

2) O TAMANHO DA ÁRVORE
A notícia revela que: 
"...Uma palmeira de grande porte tombou subitamente na noite passada...
Jesus revela o cuidado que os maiores deverão ter para com os pequeninos, afim de não os escandalizar. Mt.18.6
Não há dúvida que quanto maior a árvore, maior a área afectada sendo também a área de risco a ser atingida maior. Creio que isto também serve de ilustração à nossa vida espiritual.
Quanto maior a árvore, maior a queda. Nós que temos gozado das inúmeras bençãos de Deus, é necessário termos cuidado e zelo pela nossa vida.
Percebemos claramente a responsabilidade de quem mais se lhe der mais lhe é exigido.
Crescermos na fé e em vida espiritual é uma grande necessidade, porém quanto mais crescemos, maior responsabilidade temos diante de Deus, mas também diante uns dos outros.
O importante não é somente crescermos, mas avaliarmos a cada dia se este crescimento está sendo acompanhado por uma certeza de fé, sendo cada vez mais fortalecido e fundamentado na Palavra de Deus.
Se temos crescido aos olhos daqueles que nos rodeiam e partilham da mesma fé e comunhão em Cristo e Palavra, até isso lhe sirva não para se enaltecer e orgulhar, mas para temer e vigiar.


3) O PREJUÍZO QUE CAUSA
No caso desta notícia supracitada, o resultado final foi: uma pessoa morreu e duas ficaram gravemente feridas.
Geralmente quando uma pessoa começa a viver uma vida que não é baseada na verdade que demonstra, passando a viver de aparência, como já mencionado no primeiro ponto, isto leva aqueles que estão à sua volta crerem muitas vezes que tudo está perfeito com tal pessoa.
Quando esta "palmeira" cai, isto leva muitos a pensarem: "Mas parecia estar tão bem, parecia que vendia saúde espiritual..." Logicamente que sua queda vai transtornar alguns, ou até muitos, mas certamente que algum acabará por enfraquecer em sua fé. Entendemos nós a gravidade disso?
"Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!"  (Mateus 18 : 7) 
A dita palmeira caiu subitamente, como nos é relatado. Quando vemos pessoas a caírem de sua fé, geralmente nossa reacção é: "Eu não esperava que as coisas fossem desta forma".
Repare que esta palmeira estava entre outras, muito provavelmente cuidadas da mesma forma. Creio que o problema, poderia não ser a falta de cuidado e de manutenção, mas algo estava bem mais profundo - Nas raízes.
Assim tem sido de alguma maneira minha experiência, enquanto vejo pessoas a frutificarem e crescer ao cheiro das águas, da Palavra, outros parecem que não crescem e lentamente acabamos por ver um definhamento espiritual. Mas porquê, se a Palavra é a mesma? O problema consiste no mais intímo - Nas raízes, no coração.
Nossa queda, não é por falta de condições, não é por termos menos espaço, condições de crescimento do que outros, o problema passa por nós e está em nós.
Geralmente o que acontece, em termos espirituais, nestas situações é que há sempre alguém que se encosta, que descansa nestas fortes "palmeiras", esperando encontrar apoio. Quando isso não acontece ou esta palmeira que servia de apoio cai, logicamente que provoca grandes prejuízos.
Nenhum de nós é uma ilha isolada e a palavra de Deus revela: "Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si."  (Rm. 14:7)
Nossa queda sempre trará um impacto na vida dos irmãos como também na vida daqueles que ainda não conhecem o Evangelho.
Eu próprio tenho sentido esta desgraça, colocando por vezes erradamente a minha confiança em determinadas pessoas e estas acabam por revelar sinais de queda. É inevitável: Eu acabo por sofrer muito com isso! De algumas pessoas tenho até usado a expressão: "Se aquela pessoa não se salvar, mais ninguém se salva". Percebi que errei completamente ao usar esta linguagem, coloquei minha confiança no homem, este caiu e eu sofri, mas pela graça de Deus, julgo estar em pé.
Ainda sofro porque vi grandes palmeiras a cairem, e ainda não percebi a razão: talvez as raízes estavam na verdade podres, apesar de nunca mostrar sinais exteriores desta podridão. Logicamente que isto tem um impacto fortíssimo em nossa vida, porém como posso negar meu Senhor e Mestre, simplesmente porque outros o têm feito?
Por esta razão a Palavra de Deus me adverte:
"Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!"  (Jeremias 17:5)
O segredo nestas situações desastrosas[e não só] é: "Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus."  (Hb. 12:2)


4) NECESSITA DE UMA PERITAGEM
Os responsáveis, mencionados nesta notícia afirmaram: "a câmara tem de tomar precauções e vai fazer uma peritagem às restantes árvores".
De acordo com fontes posteriores, um perito em flora, revelou que esta desgraça deveu-se simplesmente à negligência[Notícia].
Será que isso nos ensina quanto ao cuidado que devemos ter quanto à nossa vida? Negligência é coisa que creio que todos nós entendemos bem. Se não convém sermos negligentes quanto a matéria de ordem humana, o que não será de ordem espiritual?
Amigo, irmão, leitor se como mencionado acima, se você tem visto outras "palmeiras" a caírem, nem tudo está perdido!
É aconselhável que façamos uma peritagem à nossa vida e coração e examinemos de forma sincera o nosso estado espiritual.
A Palavra de Deus é claríssima quando diz:
Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. (I Cor. 10:12)
Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo. (Gl.6.3)

Também sabemos que o nosso coração é mau e rapidamente se desvia:
"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jr. 17:9).

Portanto se assim é, convem que[analise os seguintes textos]:

a) EXAMINE-SE
"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados." (II Cor. 13:5)
Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. 1Cor.11.28
1 IRMÃOS, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado. 4 Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro. Gl.6.1,4
Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem. 1Tm.4.16
Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão. 2Jo.1.8
Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue. At.20.28

b) DEIXE DEUS O EXAMINAR
Examina-me, SENHOR, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração."  (Slm. 26:2)
Provaste o meu coração; visitaste-me de noite; examinaste-me, e nada achaste; propus que a minha boca não transgredirá." (Slm. 17:3)

c) DEIXE QUE A PALAVRA O EXAMINE
Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. Slm.119.9
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. Slm.119.105

d) DEIXE QUE OS IRMÃOS O EXAMINEM
Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.  (I Tess. 5:11)
 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado; (Hb. 3:13)


CONCLUSÃO:
É necessário ter cuidado com nossa vida espiritual! Creio que neste contexto aplica-se o adágio: Melhor prevenir do que remediar.
Olhe pela sua vida, cuide da sua vida, zele pela sua vida, para que não seja grande a sua queda (Mt.7.27)e não venha a contribuir para a desgraça de outros.























































1 comentário:

  1. Duarte meu irmão acabei de linkar o seu blog com o nosso, te peço desculpa meu irmão pelo atrazo, estou passando por uma prova de fogo em minha vida, mas amém bendito és o Senhor que me aperfeiçoa entre meio a dor, bom se você clicar em minha lista de blog lá na pção em mostrar todos você ira encontar seu blog.
    Paz e muito obrigado pelo comentário deixado.

    ResponderEliminar

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.