quarta-feira, 27 de julho de 2011

Amy winehouse, a Religião Judaica e Exôdo 12




]Fonte[
INTRODUÇÃO:
Todos fomos apanhados mais ou menos de surpresa perante a notícia da morte de Amy Winehouse, embora não seria totalmente imprevisível este fim. Já que em 2007 ela esteve à beira da morte por overdose.
Ele era uma jovem que gostava de viver a vida á sua maneira e dava-se ao "luxo" de estar envolvida em grandes confusões e escândalos mesmo ao nível de sua vida amorosa, drogas e bebida.
Não quero de maneira nenhuma discutir a qualidade vocal da moça, este não é o meu interesse neste post.


COMO SURGIU A IDEIA
Nesta manhã estava lendo Êxodo 12 que trata da instituição da Páscoa e saltou-me à vista o seguinte versículo:
E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo. (vers. 14)

Depois de ler este versículo lembrei-me de Amy Winehouse. Isso porquê?
Ela nasceu no seio de uma família judia e até ao ponto que me apercebi bastante praticante e por esta razão muito provavelmente este capítulo ou este acontecimento seria muitos vezes lembrado e contado o que Deus havia feito com o povo de Israel.
Isso não passou de letra morta para Amy. Paulo afirma que somente o Espírito de Deus pode trazer vida à nossa vida por meio de escutar, ler a palavra de Deus.



FALANDO DO D'US DE ISRAEL, MAS O DESCONHECENDO COMO O D'US DE SUA VIDA
Quantas vezes o nome de D'us seria pronunciado nos lábios da pequena ou talvez da adulta Amy?
Quantas vezes ela não ouviu falar das grandezas, sinais e maravilhas que o D'us de Israel operou?
Mas isso foi suficiente para que D'us operasse um milagre na vida dela? De modo nenhum.


COMENDO O CORDEIRO, MAS DESCONHECENDO O CORDEIRO
Ela provavelmente na companhia de sua familia celebrou muitas vezes a Páscoa, comendo o cordeiro, mas infelizmente ela desconhecia o verdadeiro cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1.29)


CONHECIMENTO NÃO TRAZ LIBERTAÇÃO
Jesus disse: "Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado." (Jo 15:22)
Também disse:
"Disse-lhes Jesus: Se fôsseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: Vemos; por isso o vosso pecado permanece." (Jo 9:41)

Pergunto: De que forma Amy alcançou a libertação?
Não a alcançou. Apenas viveu como quis, dando lugar aos seus prazeres, destruindo a sua própria vida. Lamentável.
9 Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas estas coisas te trará Deus a juízo. 10 Afasta, pois, a ira do teu coração, e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade. (Ecl 11.9,10)
Quanto valeu sua fama?
Quanto valeu tanta admiração de tantos fãs?
Quando a pessoa não consegue gozar disso de uma forma verdadeiramente saudável e para a glória de seu Criador - Deus, de nada serve tudo o que possa alcançar.


TRADIÇÃO NÃO TRAZ LIBERTAÇÃO
Até no funeral ela foi judia. E depois?
O mais importante não era fazer-lhe o funeral seguindo a tradição judaica, embora ela fosse cremada, mas que acima de tudo este funeral fosse realizado de alguma maneira na certeza que ela estaria sendo recebida por Deus, para uma eternidade com Ele.
Ela teve orações em inglês e hebraico e sua família irá cumprir o Shiva que é um período de luto tradicionalmente seguido pelas famílias judaicas. Mas nada disso altera o rumo da eternidade.


E NÓS?
A questão não passa por sermos evangélicos pentecostais, metodistas, batistas, anglicanos, presbeterianos, nada disso. A questão é muito mais profunda.
Não passa também pelo fato de nascermos numa família tradicionalmente evangélica; nada disso é verdadeiramente relevante.
O que importa realmente é que aquilo que ouvimos, se é que ouvimos, da Palavra de Deus, de Jesus Cristo, fazemos disso prática e modelo de vida.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; (Mt 7.26)

Que Deus nos possa ajudar e dar um coração ligado ao temor do Seu Nome. (Slm 86:11)

Que Deus possa despertar cada jovem a refletir sobre esta ilusão que é a juventude, quando não é vivida de acordo com os padrões divinos:
"Um homem a quem Deus deu riquezas, bens e honra, e nada lhe falta de tudo quanto a sua alma deseja, e Deus não lhe dá poder para daí comer, antes o estranho lho come; também isto é vaidade e má enfermidade." (Ecl 6:2; 12.8)

LEMBRA-TE também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; (Ecl 12.1)

0 comentários:

Enviar um comentário

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.