quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Cuidado Com O Que Bebe!

Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas. Jr.2.13

Definindo:
Manancial: Fonte que brota água de forma natural

Cisterna: Algo fabricado pelo homem afim de aproveitar as águas


Vantagens e Desvantagens da Cisterna
  • A água da cisterna é inferior
  • A água da cisterna nunca é algo garantido, enquanto do manancial sim
  • A água da cisterna poderá ter várias origens
  • A cisterna, oferece mais comodidade
Isso é algo bom e agradável, humanamente falando, porém espiritualmente não funciona. Para garantir-se água da fonte muitas vezes era necessário fazer-se longas caminhadas, para chegar à mesma. Em contrapartida a cisterna poderia ser algo que fazia parte do terraço de uma casa. Entendemos nós o quanto se poderia poupar em optar por uma cisterna?

Este desejo de comodidade traz-me à memória a acção do povo de Israel em relação ao maná. A ordem de Deus era buscar o maná a cada dia na porção exacta para cada família. Houve alguns que tentaram trazer para o dia seguinte, o que não tiveram sucesso. Vejamos:
4 Então disse o SENHOR a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos céus, e o povo sairá, e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu o prove se anda em minha lei ou não. 5 E acontecerá, no sexto dia, que prepararão o que colherem; e será o dobro do que colhem cada dia. Ex.16.4,5

19 E disse-lhes Moisés: Ninguém deixe dele para amanhã. 20 Eles, porém, não deram ouvidos a Moisés, antes alguns deles deixaram dele para o dia seguinte; e criou bichos, e cheirava mal; por isso indignou-se Moisés contra eles. 21 Eles, pois, o colhiam cada manhã, cada um conforme ao que podia comer; porque, aquecendo o sol, derretia-se. Ex.16.19-21

Isso foi uma tentativa de enganarem-se a si próprios e tentar enganar a Deus. Eles agiram assim porque não confiaram na palavra de seu líder, Moisés. Você tem confiado na Palavra de Deus ou está optando pelos facilitismos e comodismos?
Nós ainda hoje agimos determinadas vezes desta forma, achamos que aquilo que bebemos nos cultos, é suficiente para o resto dos dias. Estamos demasiadamente acomodados em nossa vida espiritual e parece que não percebemos o risco que estamos correndo. Gostamos de facilitar as coisas. A nossa vida espiritual não é sustentada pelo "stock" que pensamos armazenar.
Neste aspecto é preciso ter cuidado para não agirmos à semelhança dos camelos, que têm poder de armazenamento de água nas bossas, para longas viagens. O crente foi comparado a uma ovelha, que precisa do pastor para levá-la às aguas tranquilas(Slm.23.2,3), não a um camelo.
Se sentimos em nosso coração fracasso espiritual, isso tem uma justificação: Estamos vivendo e bebendo de “cisternas rotas que não podem reter a água”.
Precisamos ir à fonte, ao manancial das águas vivas a cada dia para que nossa sede seja saciada; Precisamos ir a Deus directamente sem rodeios, sem intermediários, sem subterfúgios.

Em nossos dias, vai proliferando em determinados círculos "teologias" que tem deixado muita gente com alma sedenta. À procura muitas vezes da satisfação material, esperam dizer como dizia o ignorante rico:
"E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga." (Lc. 12:19)
Será mesmo que ele poderia tranquilizar sua consciência enquanto falava com sua alma?
Ele falava como se, o nosso homem interior se satisfizesse de todos os bens materiais e físicos  adquiridos. Pobre tolo!!

Relembre estes textos:
"...Comamos e bebamos, que amanhã morreremos." (I Cor. 15:32)

"Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos." (Lc. 17:27)

"Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam;" (Lc. 17:28)

"Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar." (I Cor. 10:7)

Comerão, mas não se fartarão; entregar-se-ão à luxúria, mas não se multiplicarão; porque deixaram de atentar ao SENHOR. Os.4.10

Encontrou similaridades? É assim que está vivendo? É do tipo que diz: "O melhor que levamos desta vida é o comer e beber?" Não se iluda!!
Hoje as pessoas estão trocando água viva por água barrenta, choca, cheia de bicho e dengue. O pior de tudo parece que o fazem com o maior sorriso nos lábios.

É em Deus que nossa sede e fome interior é saciada.
1 Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. 2 Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. 3 Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; Is.55.1-3

Jesus identificou-se como água da vida, afim de que se sinta satisfeito n'Ele:
"Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te haveria dado água viva. Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna". João 4:10,13,14

"Ora, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a escritura, do seu interior correrão rios de água viva". João 7:37,38

"Pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima". Apoc. 7:11

AS DUAS MALDADES
1) Deixaram a Deus
"....a mim me deixaram..."
Repare que Deus está se queixando do seu povo. O que Deus tem a dizer de mim, de si nesta hora?
Será que você sem se aperceber tem deixado a Deus?
Qual o papel que nestes dias Ele tem ocupado em sua vida?
Ele está no centro de suas decisões diárias?
Talvez você esteja deixando Deus e não se tem apercebido. É hora de considerar e reflectir sobre sua vida espiritual.

2) Procuraram um substituto
"...cavaram cisternas...
Eles aplicaram-se, deram-se ao trabalho de cavar cisternas, ou seja, isto revela o desejo não de estar satisfeito com aquilo que Deus dá de forma gratuita, mas querer trabalhar no sentido de alcançar aquilo que o homem jamais pode.
Cuidado com o "evangelho" que eleva o homem por aquilo que ele mesmo faz, por aquilo que ele dá, e não eleva a Graça divina, não eleva a obra de Cristo e a acção do Espírito Santo.
Onde entra o esforço do Homem, Deus simplesmente está fora. Tais atitudes são como estarmos perante afirmações, tais como: "Eu fiz, eu dei, por isso consegui, por isso venci".
Deus estava-se sentido trocado por outra coisa qualquer incomparavelmente pior. Isso dói o coração de Deus, isto O faz sofrer. Isso nos fala de traição, de prostituição espiritual. Você sabe o quanto seu afastamento tem entristecido o coração do Senhor nosso Deus?
As pessoas estão como nos dias passados não apenas não querendo saber de Deus, mas trocando-O por coisas materiais, por prazeres carnais e por ideologias humanas.

A insatisfação da alma deve-se porque:
As pessoas estão bebendo da religião não de Cristo
As pessoas estão bebendo das pessoas não de Cristo
As pessoas estão bebendo de si próprias não de Cristo


Caro amigo, irmão já pensou de que forma está satisfazendo sua alma? 
Será que você está satisfeito? Com quem e porquê?
Olhe para Deus e para Jesus Cristo e deixe que o Consolador amado, possa neste momento restaurá-lo a uma vida plena e feliz.

Guarde isso em seu coração e medite

Se gostou deste artigo considere a possibilidade de receber outros artigos em seu email. Subscreva  Reflexões Bíblicas.

0 comentários:

Enviar um comentário

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.