quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Tem O Coração Dividido? Não Pode!

]Fonte[


"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom."  (Mateus 6:24)

Algumas considerações iniciais:
a) Jesus está trazendo-nos uma decisão que necessita a ser tomada
b) Jesus não estava ensinando que cristão não pode ter riquezas, mas sim que, não podemos ser servos de duas partes ou possuir “dois senhores”.
c) Ele não disse que não podíamos servir a Mamom, mas que não podemos nos dedicar a dois senhores.
d) Jesus nos quer ensinar que seremos sempre servos.
Paulo fala disso dizendo o seguinte:
"Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?"  (Rm. 6:16)

Vivemos dias de muita conturbação e decisões estão sempre na ordem do dia. Estas necessitam serem  tomadas no seio familiar, na escola, no trabalho etc.
Não é raro ouvirmos testemunhas de pessoas que procuram aconselhamento, pois estão divididas entre dois grandes amores. Esta dúvida surge exactamente porque em seu intimo têm consciência que não podem viver nesta indecisão e para mais necessitam de fazer uma escolha. Espiritualmente o mesmo acontece: Não podemos viver em uma indecisão de amores, pois nosso coração sempre vai-se inclinar para um dos lados.

Um Jovem Com O Coração Dividido
Mt.19.16-22
Há algo que me faz tremer e temer nesta passagem e que facilmente podemos cair neste precipício sem retorno:
E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Mt.16.22
Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades. Mc.10.22
Mas, ouvindo ele isto, ficou muito triste, porque era muito rico. Lc.18.23

Nós não podemos viver de ilusões, haverá muitos que ao ouvir a Palavra e ao perceberem do custo que isso envolve, da abnegação que isso produz, simplesmente voltarão para trás.
Porque não vemos Jesus a negociar com o mancebo? Jesus sabia muito bem que aquele rapaz poderia ser uma ótima ajuda para o ministério de Jesus, usando seu dinheiro, ou não?
Talvez em determinadas congregações, mesmo sabendo que determinadas pessoas são gananciosas, egoístas, presunçosas, ninguém as pode tocar, pois se tais se sentirem feridas irão embora e desta forma perde-se um excelente contribuinte. Julgo que Jesus não estava preocupado com a questão material, mas com a pobreza de alma que este pobre, mas rico rapaz possuía.
Que Deus nos ajude a não estar dispostos a negociar o inegociável. Há coisas que não tem preço: a Verdade da Palavra e do Evangelho.

Ele não teve hipótese de negociação pois Jesus disse:
Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. vers.21
Não acham que Jesus foi radical demais? Ele poderia ser muito mais flexível!
Há coisas na nossa vida que não podemos negociar com Deus. Ou queremos ou não queremos, ou deixamos ou não deixamos, ou é tudo ou é nada, Sim sim; Não, não!
As pessoas hoje estão querendo negociar com Deus, com a igreja, com o pastor, com os irmãos...

Se Jesus tivesse dito: “Vai e dá algumas coisa aos pobres”. Ele esfregaria as mãos de felicidade e como amava muito o dinheiro, daria o menos possível, daria algo apenas para acalmar sua consciência. Jesus não lhe concedeu esta hipótese, antes porém disse: “Vai e vende tudo o que tens”.
Ele achava que Jesus iria-lhe conceder passaporte para a vida eterna, tendo um coração nas riquezas e um desejo em Deus. Isso é impossível.
Deus não está interessado no conhecimento que detemos de Sua Palavra, mas na prática da mesma - Este jovem sabia os mandamentos.(Mt.19.20)
Em relação à teologia da prosperidade, fortemente ensinada e difundida, constato exactamente o contrário daquilo que aconteceu ao mancebo: Hoje é “Jesus” que está prometendo riquezas e não afastando as pessoas que colocam o coração nas riquezas.

Jesus chega mesmo a colocar as coisas em termos de “amar” e “odiar” Mt.6.24
Em nosso intimo achamos que sempre temos lugar em nosso coração para Deus e para mais umas coisas que gostamos e que sabemos de antemão que não agrada a Deus.
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus."  (Tg. 4:4)

Sempre damos um jeito afim de acomodar tudo em nosso grandioso coração e gastamos algumas horas a arranjar alguns fracos argumentos para justificar nossas inclinações e pretensões. Se assim é, não somos verdadeiramente livres.
Deus não pede mais nada de nós a não ser a totalidade de nosso coração. Ele não deseja um coração dividido, ele o deseja na totalidade.
Eu e penso que ninguém sentir-se-ia bem se minha/sua esposa dissesse: “Eu amo-te muito, mas também tenho meu coração dividido com outro homem”
Porque então fazemos isso com Deus?
Porque o teu Criador é o teu marido; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra. Is.54.5

Respondamos:
  • O que move meu coração?
  • O que está em primeiro lugar?
  • O que fala mais alto?
O que vemos hoje em nossos dias é algo ainda mais triste: Em nome de Deus querer servir a Mamom!
As pessoas estão correndo para Deus atrás de riquezas, de bem estar social, de categoria, de status, de uma vida abastada.
Usam a cruz de Cristo como um atractivo, antes porém servisse de escândalo e perseguição, pelo menos Paulo assim entendia que era para muitos:
"Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus."  (I Cor. 1:18)
"Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado."  (Gl. 5:11)
"Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo."  (Gl. 6:12)


Conclusão:
Prezado amigo e irmão consideremos, pois o estado de nosso coração. Qualquer coisa poderá ser o nosso "mamom". Não deixe que nada o lugar do trono do seu coração que deverá pertencer somente a Cristo.
Guarde isso em seu coração e medite

Se gostou deste artigo considere a possibilidade de receber outros artigos em seu email. Subscreva  Reflexões Bíblicas

0 comentários:

Enviar um comentário

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.