domingo, 5 de dezembro de 2010

Conselhos Aos "Derrotados"

]Fonte[
"Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;"  (II Coríntios 4:9)

INTRODUÇÃO:
Não há dúvida que uma das coisas mais dificeis de lidar é a Derrota. Esta provém de muitas fontes e de uma forma ou de outra o que importa é como lidamos com ela, como resultado final. Isso é que faz de nós pessoas realmente diferentes. Todas as pessoas têm derrotas, porém nem todas estão preparadas para vencer.
Aconselhar e acompanhar pessoas desencorajadas é com certeza um grande desafio para todos aqueles que foram chamados a este ministério. O melhor deste ministério é vermos os resultados positivos, as transformações na vida da pessoas.
Acredito num aconselhamento bibliocêntrico, portanto ainda creio que a Palavra de Deus é poder de Deus.
"Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus."  (I Coríntios 1:18)

Gostaria de deixar alguns conselhos práticos, àqueles que acabam de vir de uma derrota:

1) NÃO SE ISOLE
Se a derrota é algo extremamente negativo, isolar-se certamente o acabará por afundar ainda mais. Sempre que a tentação de isolar-se lhe atacar, combata esta vontade. Olhando para o exemplo de Elias, vemos que ele depois de receber uma ameaça de Jezabel, deixou seu moço e foi-se. (1Reis 19.3,4)

2) NÃO RESUMA A VIDA AO COMER E DORMIR
Geralmente a inércia é uma das "actividades", que após uma derrota muitos se entregam. Ou seja, resumem a sua via ao mais básico e elementar. Isto é algo que deverá ser rejeitado.
Mesmo Jesus nos mostra, que algumas vezes tentou descansar, mas as obrigações e os deveres falavam mais alto. Há pessoas que chegam mesmo a abandonar suas responsabilidades familiares ao entregarem-se a este tipo de sedentarismo. Elias também tentou fazer isso mesmo, mas Deus tinha algo muito mais sublime. (1Reis 19.5-7)

3) NÃO DÊ OUVIDO A TODAS AS VOZES
Devemos na vida saber muito bem filtrar tudo o que ouvimos. A palavra de Deus nos ensina que somente as coisas importantes devem ser guardadas e conferidas em nosso coração.
"Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração."  (Lucas 2:19)
Um ditado diz: "Vozes de burro não chegam ao céu." Se dermos ouvidos a todo o tipo de comentários, apreciações que possam fazer a nosso respeito, dificilmente chegaremos a algum lugar. E chegar a um lugar é o que queremos, não é mesmo?

4) NÃO DEIXE DE FAZER ALGO
Este é com certeza o resultado do ponto anterior. Logicamente que após virmos de uma derrota não estamos a funcionar nas melhores condições, contudo mesmo que não esteja disposto a trabalhar a 100%, contudo nunca deixe de fazer algo proveitoso, tanto para si como para alguém que ama.
"Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças,..." (Eclesiastes 9:10)

5) EVITE O SÍNDROME DA PERSEGUIÇÃO
Isto é algo que acontece com alguma frequência. Quando as coisas não correm de feição, ou mesmo muito mal, pensamos como diz uma determinada música: "Parece que o mundo inteiro se uniu para me tramar". No entanto maioria das vezes, o que acontecesse não passa por um enredo global contra si. Precisa de ver mais além.

6) NÃO QUEIRA CONTROLAR O MUNDO TODO
Após determinada pessoa sentir-se perseguida, o contra-ataque passa por vezes por um desejo, uma ânsia de controlar tudo e todos. Ora isso como compreendemos é completamente impossível. Você além de ter poucas forças, não as gaste em coisas como estas. Uma pessoa que deseja controlar tudo é alguém que não se consegue controlar a si mesma.
"Melhor, ... o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade."  (Provérbios 16:32)

7) NÃO QUEIRA MUDAR TUDO NUM SÓ DIA
A vida faz-se e constrói-se de pequenos gestos e o dia poderá exigir muito de si. No entanto creio que é muito importante tomarmos consciência que após uma derrota, um desânimo, uma frustração não querer-mo-nos reerguer num só momento. Há muita coisa que provavelmente ficou destruído, alguns sentimentos machucados, mas creia, tudo isso é possível de ser ultrapassado, no entanto não esqueça: Não num só dia!

8) NÃO SE DESILUDA EM DEMASIA CONSIGO
Pessoas desiludidas consigo mesmas, são pessoas fadadas à desgraça. A pessoa que deixa-se conduzir por este tipo de pensamentos cai num ciclo tremendamente vicioso, um poço sem fundo.
Não quero insinuar que em nós não deva haver o desejo de fazer mais e melhor, mas que devemos num processo de "recuperação", estar dispostos a encarar outras pequenas derrotas.
Olhando para o apóstolo Pedro, vemos este a ser recuperado aos poucos por Jesus, no entanto aquele ar compulsivo que lhe era próprio lhe trouxe alguns dissabores, no entanto ele tornou-se um homem tremendamente usado por Deus, creio que só perdendo em "destaque" e obra para o apóstolo Paulo.

CONCLUSÃO:
Só faz sentido falarmos em derrotados, pensando que existe o verso da moeda - Os vitoriosos.
As derrotas sempre também como um remédio à nossa doença da presunção, orgulho, soberba. Deus disse a Paulo que Seu poder se aperfeiçoava na sua fraqueza. Não olhe para a derrota como algo que o vai totalmente destruir, mas como um "match point", por onde você tem que passar para que aprenda a crescer tanto como humano, assim como homem de Deus
"E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo."  (II Coríntios 12:9) 

0 comentários:

Enviar um comentário

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.