terça-feira, 19 de março de 2013

O Perigo dos Bons Exemplos


Muitos vezes ao olharmos para outros cristãos, achamo-os tão super e fora do normal, que simplesmente duvidamos daquilo que somos e até da nossa própria salvação.
  • Testemunhos (ouvidos, livros)
  • Biografias
  • Curas
  • Aptidões / Dons

É tão fácil olhar para os outros e pensarmos duas coisas:

  1. Ou essa pessoa não tem problemas, como eu, ou
  2. Estou na frente de um super herói
Como não acreditamos em que não haja ninguém que não tenha problemas, atribuímos o mérito de super-herói.
  • “Meu Deus que é isso?”
  • “O que é que eu sou?”
  • “Quão longe estou da Tua vontade, Senhor!”


PERIGO OU VIRTUDE

1º Uma virtude, se for uma força motriz, desejando imitar sua fé
"Não porque não tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes."  (II Tess 3:9)

2º Um perigo, se usado como uma desculpa para sua negligência
Aquele que recebeu um único talento achou-se pior, menor, indigno.

Nunca houve um santo que não se achasse indigno, sujo, faltoso, imperfeito.
Isto quando é feito, ou dito por um santo de Deus, não provém de uma falsa modesta.
Por vezes ouvimos só um lado da vida de grandes homens de Deus, mas se falássemos com eles, perceberíamos o que eles pensam, pensavam de si mesmos.

Melhor é nos compararmos com a vida de homens santos e tementes a Deus do que caírmos no engodo de nos compararmos aos ímpios.
"NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade."  (Slm 37:1)
"Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios." (Slm 73:3)


A SOLUÇÃO

1. Preocupe-se com aquilo que está ao seu alcance realizar
Por vezes cobiçamos o estilo de vida santo dos outros, mas não estamos dispostos a mudar hábitos em nossa própria vida, lar afim de que a bênção de Deus seja de uma forma mais intensa derramada.


2. Não se preocupar em demasia com as qualidades dos outros
Quando focamos em demasia nossa atenção nas qualidades dos outros acontece duas coisas:
  • Minimizamos o que temos / vitimizamo-nos
  • Não fazemos uso do que temos / empurramos para os outros
  • Não agradecemos / glorificamos a Deus pelo que temos


3. Reconheça que nem todos somos iguais
"De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;"  (Rm 12:6)
4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. 5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 6  E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. (1Cor 12:4-6)


4. Reconheça que tudo provém de Deus
"Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o SENHOR deu a cada um?"  (I Cor 3:5)
"Porque, como a mulher provém do homem, assim também o homem provém da mulher, mas tudo vem de Deus."  (I Cor 11:12)
11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer. 18 Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. (I Cor 12.11,18)

6 comentários:

  1. Excelente mesmo para reflexão...

    Deus dá para cada pessoa um(ou mais) dom diferente. Devemos nos orgulhar de quem somos, e tudo que somos é dom de Deus.

    A mensagem é mesmo especial, Duarte, Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Graça e Paz Pats.

      É mesmo! Devemos dar muitos graças a Deus por aquilo que somos. Assim talvez nos queixemos menos de nossa sorte.

      Muito obrigado por sua passagem no blog e seu comentário. Um abraço. Fique bem.

      Eliminar
  2. Tomamos como exemplo Sansão, possuía tão grande força, mas as limitações e fraquezas que todos nós podemos enfrentar. ou seja, com muito ou pouco talento nas mãos, o importante é maximiza-los, investir neles, mesmo que seja apenas um, porque é com ele que você pode ou não realizar o que o seu Senhor confiou a ti. Paz! Post abençoado.

    Ótima Semana*
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paz Gabrielly.
      Agradeço sua visita ao meu blog.
      Agradeço seu comentário e suas palavras que me servem de alegria.
      Investamos nossoa talentos e forças na seara do Mestre.
      Fique bem, fique na paz. Abraço

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Muito obrigado Debora.
      Espero que lhe tenha sido útil, tais pensamentos.
      Um abraço e obrigado por dar um passeio pelo meu blog. ;)

      Abraço.

      Eliminar

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.