terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Fernando Pessoa e a Bíblia

]Fonte[

Poema "Ali Não Havia Eletricidade", de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa) sobre a 1 Coríntios 13, escrito a 20 de Dezembro de 1934:

Ali não havia eletricidade. 
Por isso foi à luz de uma vela mortiça 
Que li, inserto na cama, 
O que estava à mão para ler — 
A Bíblia, em português (coisa curiosa), feita para protestantes. 
E reli a "Primeira Epístola aos Coríntios". 
Em torno de mim o sossego excessivo de noite de província 
Fazia um grande barulho ao contrário, 
Dava-me uma tendência do choro para a desolação. 
A "Primeira Epístola aos Coríntios" ... 
Relia-a à luz de uma vela subitamente antiqüíssima, 
E um grande mar de emoção ouvia-se dentro de mim... 
Sou nada... 
Sou uma ficção... 
Que ando eu a querer de mim ou de tudo neste mundo? 
"Se eu não tivesse a caridade." 
E a soberana luz manda, e do alto dos séculos, 
A grande mensagem com que a alma é livre... 
"Se eu não tivesse a caridade..." 
Meu Deus, e eu que não tenho a caridade!

Fonte: Livreto "Deus, o Homem e a Bíblia", da Sociedade Bíblica de Portugal, em Homenagem a João Ferreira de Almeida (1628-1691), pg. 31

Receba nossos artigos em seu email:


Delivered by FeedBurner

0 comentários:

Enviar um comentário

Seus comentários são importantes para o blog. Deixe sua apreciação negativa ou positiva, mas não seja neutro.

Reservo-me no direito de não publicar comentários anónimos, caso entenda como necessário ou qualquer outro tipo de comentários que saia da orientação do blog.
Qualquer tipo de comentários que traga linguagem abusiva ou ofensiva de igual modo serão descartados.